Páginas

domingo, 4 de dezembro de 2016

Morre, aos 86 anos, Ferreira Gullar

Imagem: http://f.i.uol.com.br
Livros publicados por Ferreira Gullar

CRÔNICA
A estranha vida banal (1989)
Infantil e juvenil
Um gato chamado gatinho (2000)
O menino e o arco-íris (2001)
O rei que mora no mar (2001)
O touro encantado (2003)
Dr. Urubu e outras fábulas (2005)

MEMÓRIA
Rabo de foguete (1998)

CONTO
Gamação (1996)
Cidades inventadas (1997)

POESIA
Um pouco acima do chão (1949)
A luta corporal (1954)
Poemas (1958)
João Boa-Morte, cabra marcado para morrer (Cordel 1962)
Quem matou Aparecida? (Cordel - 1962)
A luta corporal e novos poemas (1966)
Por você, por mim (1968)
Dentro da noite veloz (1975)
Poema sujo (1976)
Na vertigem do dia (1980)
Crime na flora ou ordem e progresso (1986)
Barulhos (1987)
Formigueiro (1991)
Muitas vozes (1999)

BIOGRAFIA
Nise da Silveira (1996)

ENSAIO
Teoria do não-objeto (1959)
Cultura posta em questão (1965)
Vanguarda e subdesenvolvimento (1969)
Augusto dos Anjos ou morte e vida nordestina (1976)
Uma Luz no Chão (1978)
Sobre Arte (1982)
Etapas da Arte Contemporânea: do Cubismo à Arte Neoconcreta (1985)
Indagações de Hoje (1989)
Argumentação Contra a Morte da Arte (1993)
Relâmpagos (2003)
Sobre Arte, sobre Poesia (2006)

TEATRO
Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come (1966)
A saída? Onde fica a saída? (1967)
Dr. Getúlio, sua vida e sua glória (1968)
Um rubi no umbigo (1978)
O Homem como invenção de si mesmo (2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário