Páginas

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

O amor

Jakson Aguirre
Rondonópolis, MT, Brasil
@: jakson.aguirre@gmail.com

O amor tem suas formas de amar,
Desenvolto surpreende além do rigor
Tabus, preconceito emana e inibe,
O amor! Quem entende o amor?

O amor quando chega derrama prazer,
Sofre traumas, reconstrói, dissolve o horror,
Não se entende o porquê segredo mistério!
O amor? Só depende do amor.

O amor se envaidece, rechaça os tabus
Enlouquece e se esvai, emana o calor!
Revoluta, reclama, esclarece e se explica!
Entre os seres o amor se resulta e se dá.

O amor enaltece, renova e refaz,
Faz do velho, criança, rejuvenesce o ser,
Recompõe e agrada, rechaça o pudor
Do amor só é maior o próprio amor.

O amor verdadeiro não mente, é real,
Transforma em bondade o coração do arrogante,
Revoga a incerteza trazendo a certeza,
O amor é tão grande como o próprio amor.

O amor reconhece a pequenez do ser,
E feliz capacita lhes dando prazer,
Reveste de vida renova e encanta,
E quem já está caído o amor o levanta.

O amor capacita, jamais traumatiza,
O amor completa e não diminui,
O amor revigora enche de esperança,
O amor traz a paz, perfeição e bonança.

O amor ama a todos só ao ódio se opõe,
O amor vence tudo, não divide compõe,
O amor qualifica, agrega valores,
O amor simplesmente é incomparável.

O amor ama a vida, não é homicida,
O amor dá carinho, não espanca, não mata
Meigo, delicado, destila bondade,
O amor é tão doce, mais doce que o mel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário